terça-feira, 8 de setembro de 2009

Projeto Aguia Dourada O inicio no Brasil

O PAD iniciou sua trajetória no ano 1993 na América Central, logo fomos comunicados que nosso trabalho deveria ser feito no Brasil, a pesar de que nada indicava que Eu teria que me trasladar de um pais a outro, mesmo porque inicialmente não tinha nem uma intenção de sair de Panamá. No ano 1998 organizamos um Congresso Internacional no Brasil, em Novo Hamburgo , no Rio Grande do Sul com a ajuda de meu irmão Luis (Victor) e com um pequeno grupo de entusiastas que logo, como geralmente acontece, desapareceu, tragado pela voragem da selva de pedra sistemática, mas deu lugar ao PAD Brasil que ate hoje continua firme nos seus propósitos .

Ainda hoje encontramos muitos preconceitos quando falamos a origem do PAD, ele nasceu de um contato consciente com seres provenientes das Galáxias Centrais deste Universo. Em outras palavras, um contato extraterrestre. Muita duvida nasce na mente de aqueles que ainda não conseguem assimilar esta realidade, duvidas proporcionais a um estado de consciência emergente. Dificilmente aceitamos coisas que não conseguimos ver, pelo menos de uma vez. Nosso cérebro é forçado a trabalhar com os 2 hemisférios cerebrais quanto enfrentamos uma realidade relacionada com espaço, tempo, dimensões. Uma viagem estelar implica imediatamente no reconhecimento as vezes inconsciente de que não temos condições para isso , de que nosso corpo físico não esta preparado para sair fora da atmosfera terrestre. Custa reconhecer uma parte energética e espiritual, quântica, principalmente dentro de nos. Quando iniciamos uma viagem interior na procura do Santo Graal , na procura do tesouro que guarda o conhecimento das idades, sideral, onde estão os grandes arquétipos cósmicos, os modelos sagrados da existencialidade, encontraremos que muitas portas só poderão ser abertas na medida em que nossos conceitos e preconceitos possam cair e na medida em que a honestidade física e espiritual seja determinante em nossas ações.

O contato extraterrestre é diretamente proporcional ao nosso estado de consciência ao igual que o mundo que achamos conhecer e que não passa de arquétipos energéticos criados para nos fazer crer que vivemos em um mundo material. O fato de acreditar que existe realmente algo mais, que existem seres superiores e mundos iluminados (pela velocidade do spin atômico) já nos ajuda a nos direcionar no rumo (energético) certo.

A Águia surge como modelo eletrônico energético físico e dimensional , para nos ajudar a elevar nossas consciências , em um esforço supremo para alcançar aquilo que intuímos no fundo de nosso coração, (que ao mesmo tempo é nosso cérebro principal ). O símbolo da Águia continua emitindo sinais de liberdade, mesmo que aqui na Terra não tenha sido usada exatamente para esses propósitos mais nobres. Como humanidade ainda nos falta a essência da Fraternidade , que por enquanto, so se vive nos mundos superiores. Esta essência fraternal so nascerá através de cada ser humano, quando ele olhar seu semelhante como um verdadeiro irmão , amigo e companheiro de jornada, quando exista uma compreensão consciente dentro de cada um, fruto das próprias vivencias, que nos façam sentir mais profundamente e que transformem nosso coração através de uma verdadeira alquimia amorosa e existencial...